Que Natal você escolhe?

Publicado em 24/12/2011

QUE A PRESENÇA DE JESUS DÊ SENTIDO AO SEU NATAL E PROPÓSITO AO SEU ANO NOVO.

Apocalipse 22:11-17 (ARA)

(11) Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se.
(12) E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras.
(13) Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim.
(14) Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas.
(15) Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira.
(16) Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã.
(17) O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida.


O Google (site de buscas) hoje apresenta uma mensagem de Boas Festas e, depois da música “Jingle Bells” a página vai automaticamente para uma pesquisa sobre o tema “boas festas”, com destaque para as imagens sobre o tema.

Por curiosidade fui ver as imagens e, entre centenas de imagens alusivas a “boas festas”, não encontrei nenhuma sobre o nascimento de Jesus ou com alguma cena bíblica. A maior parte mostrava papais-noéis, guirlandas de flores, árvores natalinas, velas, neve e luzes, etc. Havia até algumas com mulheres seminuas com gorrinhos de papai-noel, outras com cãezinhos e gatinhos, e até uma com um papai-noel embriagado, caído no chão com uma garrafa de whisky. Mas nada de Jesus... nada de Deus.

Não vamos condenar por isso o Google, pois se você fizer uma pesquisa de imagens com o tema “nascimento de Jesus” encontrará milhares delas. Cada um deve escolher o que quer.

Isto apenas mostra como o mundo é pagão. O mundo ama o que é seu, o que lhe é próprio (veja João 15.18-19).

O mundo quer festejar, mas sem Jesus. Por isso tantas coisas no seu lugar.

Jesus incomoda o mundo porque este ama o pecado que aquele odeia.

Jesus disse: “o mundo... me odeia, porque eu dou testemunho a seu respeito de que as suas obras são más.” (João 7.7 ARA)

Não... não pense que por isso estou condenando o Natal.

Mas é evidente que o Natal do ímpio não é o Natal do cristão. Nunca foi. Nunca será.

Cada um é que deve escolher que tipo de Natal terá.

Eu já defendi e ainda defendo que devemos aproveitar esta data para proclamar a Cristo e adorá-lo, ainda que não tenha sido nesta data que Jesus nasceu. Pelo menos podemos falar daquele que nos amou e se encarnou para dar sua vida por nós.

Assim como no Carnaval, devemos aproveitar para falar de Jesus porque a alegria do mundo é vazia. Devemos adorar a Deus enquanto o mundo adora aos demônios e a eles se submete. Devemos nos alegrar em Cristo porque temos motivo real e verdadeiro: Ele veio.

E com isso podemos ter certeza de que alguns, que estão cansados de afogar seu vazio nas farras deste mundo vão, que estão sedentos de paz e angustiados por seus pecados, sim, alguns poderão se converter.

Entretanto não podemos nos esquecer de que o mundo ficará cada vez mais pagão e anticristão e que nós, no meio desta geração corrupta e perversa, precisamos vigiar e nos agarrar com mais firmeza à fé.

Nesta semana vi uma reportagem do Bahia notícias expondo a festa luxuosa promovida pela Secretária de Desenvolvimento Social e Combate á Pobreza do Estado da Bahia. A festa foi num dos espaços mais caros e luxuosos de Salvador, para confraternização dos funcionários e colaboradores, etc.
veja o link
Também li que a tal Secretaria gastou mais de 1 milhão de reais em dezembro com eventos veja o link

É assim que o mundo se alegra. É assim que festeja...

Diante de tal incoerência e da experiência que tenho de que este tipo de corrupção é mais do que abundante, fiquei pensando no nosso nobre chamado... Quando vier o nosso mestre, será que nos encontrará fiéis?

Quando ele vier, julgará primeiro os seus servos (1Pedro 4.17) e, depois, os que forem encontrados fiéis julgarão com ele este mundo e os próprios anjos (1Corintios 6.2-3).

Então se dará um espetáculo horrendo e, ao mesmo tempo, fantástico. Porque os ímpios serão julgados, e suas más obras destruídas, e sua condenação se dará de modo justo e verdadeiro. Por isso os homens pedirão a morte, mas ela fugirá deles (Apocalipse 9.6).

Assim, o Natal cristão é justamente a proclamação de que o justo veio e deu sua vida pelos perdidos, e de que aqueles que o receberam, tendo escapado da condenação e da corrupção que há no mundo (2Pedro 1.4), reinarão com ele para sempre num reino onde haverá verdadeira justiça e paz.

Só com Cristo haverá esta justiça. E só a justiça dele trará a paz.

O Natal de Jesus proclama que o verdadeiro Rei e seus servos reinarão sobre o mundo e que os ímpios serão destruídos no juízo. O Natal do mundo proclama a sua própria condenação, porque testifica daquilo que ele ama.

Que Natal você escolhe hoje?

Cuidado com as corrupções do Natal do mundo... Fique com o Natal de Jesus.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. (Isaías 9:6)

O sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos. (Apocalipse 11:15)



 Compartilhar no Whatsapp

NEWSLETTER

Outras mensagens do Presidente

Use a barra de rolagem para ver outras postagens