Religião X Evangelho

Publicado em 08/07/2011

A religião é a obra do homem; o Evangelho nos foi dado por Deus.


A religião é o que o homem faz por Deus; o Evangelho é o que Deus tem feito pelo homem.


A religião é o homem em busca de Deus; o Evangelho é Deus buscando o homem.


A religião é o homem tentando subir a escada de sua própria justiça, na esperança de encontrar-se com Deus no último degrau; o Evangelho é Deus descendo a escada através da encarnação em Jesus Cristo e encontrando-se conosco, na condição de pecadores, no primeiro degrau.


A religião é constituída de bons pontos de vista; o Evangelho, de boas novas.


A religião traz bons conselhos; o Evangelho traz uma gloriosa proclamação.


A religião TRANSTORNA o homem porque ele tenta mudar, mas fica como está; o Evangelho TRANSFORMA o homem naquilo que ele deve ser (uma nova criatura em Cristo Jesus) partindo do ponto onde ele está.


A religião termina com uma reforma exterior; o Evangelho termina com uma transformação interior.


A religião passa uma caiação, o evangelho alveja.
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia. (Mateus 23.27)


A religião muitas vezes torna-se uma farsa; o Evangelho é sempre uma força, é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê.


“Porque não me envergonho do Evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê...”(Romanos 1.16)


Há muitas religiões, mas apenas um Evangelho.


A religião enfatiza o “fazer” (e, às vezes, o “ter”), o Evangelho enfatiza a condição de “ser”.


A religião diz: “tente fazer o bem e continue tentando fazer o que é certo e, eventualmente, você se tornará bom”; o Evangelho diz: “primeiro você nasce de novo, pela graça de Deus e então, como conseqüência, você fará o bem.”


“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.”(Efésios 2.10)


A religião coloca em destaque princípios, preceitos, códigos e credos; o Evangelho coloca em destaque uma pessoa: JESUS CRISTO.


A religião diz: “lute para alcançar”; o Evangelho diz: “obtenha de graça”.


A religião diz: “tente”; o Evangelho diz: “receba”.


A religião diz “esforce-se”; o Evangelho diz: “confie”.


A religião diz: “desenvolva-se a si mesmo”; o Evangelho diz: “negue-se a si mesmo” (Lucas 9.23)


A religião diz: “salve-se por seus merecimentos”; o Evangelho diz: “seja salvo pela graça, mesmo sem merecimento algum” (Efésios 2.9-10)


A religião diz: “conquiste por suas forças”; o Evangelho diz: “entregue-se a Cristo”.


A religião diz: “faça... faça isto, faça aquilo, e será salvo”; o Evangelho afirma: “tudo já foi feito – creia e será salvo”.


“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”(João 3.16).


O Evangelho são boas novas de salvação. O Evangelho é Deus salvando você pela graça. E graça é Deus dando tudo e fazendo tudo por quem nada merece e nunca terá condições de merecer.


“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2.8,9)


“Arrependei-vos, e crede no EVANGELHO” (Marcos 1.15)


Fonte: Jornal Semeador n.º 17 – Pr. Glênio Fonseca Paranaguá – Londrina – PR; Bíblia Sagrada (versão ARC) e anotações particulares dos Pr. A. C. Vieira e Edison A. Grando.



 Compartilhar no Whatsapp

NEWSLETTER

Outras mensagens do Presidente

Use a barra de rolagem para ver outras postagens