Sacrifício aceitável

Publicado em 24/06/2011

Salmo 50

14 Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo,
15 e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará.
16 Mas ao ímpio Deus diz: Que direito você tem de recitar as minhas leis ou de ficar repetindo a minha aliança?
17 Pois você odeia a minha disciplina e dá as costas às minhas palavras!

Este Salmo é uma conclamação de Deus ao seu povo (os que estão em aliança com Ele).

O Salmo fala de aliança por meio de sacrifícios, mas, a seguir, explica que estes sacrifícios são ações de graças.

Já que o homem nada pode oferecer a Deus, sua atitude correta deve ser a de aceitar o que Deus fez e viver em gratidão a ele.

O ímpio aqui é descrito como o falso religioso, que aborrece a disciplina e rejeita as palavras de Deus.

Esta é a expressão da vida daquele que afirma crer em Deus, mas, em seu comportamento diário, vive no pecado e mostra ignorar o preço tão alto do sacrifício de Cristo para nos perdoar e purificar.

Abre, Senhor, os nossos olhos, para odiarmos o mal e nos apegarmos ao bem.



 Compartilhar no Whatsapp

NEWSLETTER

Outras mensagens do Presidente

Use a barra de rolagem para ver outras postagens