Coisas Novas

Publicado em 31/12/2017

E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. (Apocalipse 21.5)

Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. (2Coríntios 5.17)

Ao chegarmos a um novo ano é comum desejarmos mudanças para melhor em muitas áreas da nossa vida.

Entretanto, como cantou o Paulo César Baruk, “se a gente não for diferente, tudo vai ser igual.

Todos querem coisas melhores, mas nem sempre estamos prontos para o novo. Nem sempre estamos em condições de receber coisas novas, porque realmente não queremos mudar os hábitos e as zonas de conforto da nossa vida.

Muitos querem um casamento melhor, mas não estão preparados para ser melhor marido ou esposa. Muitos gostariam que seus filhos tivessem um comportamento melhor, mas não estão dispostos a uma disciplina de vida que os faça melhores pais. Queremos melhores condições financeiras, mas não nos disciplinamos para ter uma administração financeira mais sábia, privando-nos de gastos supérfluos, nem nos dispomos a sacrificar alguns hábitos de consumo. Etc.

Deus está trabalhando para fazer “novas todas as coisas” (texto citado acima). Ao final, como prenuncia o texto de Apocalipse, haverá “novos céus e nova terra, nos quais habita a justiça” (conf. 2Pedro 3.13).

Porém, como nos mostra o outro texto (2Coríntios 5.17), esta novidade de vida está em Cristo. Sim, as coisas novas de Deus estão condicionadas à nossa submissão e relacionamento com seu Filho.

Isto, porém, deve nos remeter à cruz, a única forma de morrermos para nós mesmos para dar lugar ao novo que só Cristo pode fazer.

Seja sincero. Há tantas coisas que você já tentou mudar e nunca conseguiu. Quer algo novo mesmo? Cristo pode fazer.

Se, mesmo sendo “cristãos”, não estivermos dispostos a abandonar nossas “zonas de conforto”, nosso comodismo e indiferença, nossos velhos hábitos e, sim, nossos “pecados”, que bem nos acostumamos a disfarçar em vez de confessar… se não estivermos mesmos dispostos a abandonar tudo isto, nunca haverá lugar para as coisas novas que Deus quer fazer.

Até mesmo coisas que nos parecem tão “boas” precisam ser sacrificadas para que alcancemos coisas “melhores”. Será que adianta querer mais espiritualidade e não sacrificar sono, redes sociais, televisão, e preguiça para ler a Bíblia e orar? Como vamos alcançar mais sabedoria se não estamos dispostos a deixar de lado aqueles “games” e ler um bom livro? Como teremos dinheiro guardado pra comprar coisas melhores se gastamos sem controle e pagamos um absurdo em juros de cartão e cheque especial?

Deus quer fazer coisas novas. A questão é: estará você pronto para abandonar coisas “velhas”?

Coisas realmente “novas” resultarão de uma nova consagração a Deus “em Cristo”.

Que Deus abençoe a sua vida em 2018.



 Compartilhar no Whatsapp

NEWSLETTER

Outras mensagens do Presidente

Use a barra de rolagem para ver outras postagens