Nampula, 31 de março de 2009

Publicado em 31/03/2009

Graça e paz Igreja amada!

Chegamos ao final de mais um mês e até aqui o Senhor continua a nos abençoar, Aleluia!!!

Cremos que grandes coisas o Senhor tem feito na vida e no ministério de cada um de vocês, pois todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.

Deus tem abençoado muito o nosso trabalho. Vemos que a palavra de Deus tem sido eficaz na vida desse povo; a sede que eles têm de aprender a palavra de Deus é grande, mas infeliz-mente somos impedidas de ensinar quando está chovendo, pois nós nos reunimos ao ar livre. Temos tido algumas experiências que nos deixa feliz, por ver o interesse deles, e ao mesmo tempo triste, pois não podemos fazer nada, quando vemos na face, tanto dos adultos como das crianças, a tristeza por sermos obrigadas a interromper a aula por causa da chuva.

Tivemos uma experiência muito interessante no dia 22.03, quando estávamos prontas pra começarmos os estudos. De repente começou a chover, e todos nós corremos pra debaixo da casa de Francisco e Luís. O lugar onde as esteiras ficavam, logo se alagou, então falamos pra eles que naquele dia não íamos ter estudo. Dava dó a tristeza na face deles. Uma das crianças que estava toda espremida debaixo da casa do Francisco por causa da chuva, virou para a Nea e disse: Nós podemos ter aula aqui mesmo!

Um dos adultos disse: Estou triste senhora missionária, pois não vamos ter aula e vou ter que esperar mais uma semana. Então todos disseram: Vamos fazer uma cobertura com capim e plástico, para ter um lugar para as nossas aulas, pois quando não está chovendo tem muito sol.

Sem contar, amados, as lutas que alguns têm enfrentado por decidir viver a palavra de Deus. Está freqüentando a nossa aula uma mulher que é mulçumana. Posso dizer que ela era mulçumana, pois ela está firme nas aulas. Orem por ela... seu nome é Eva. Orem também pelo esposo da irmã Joaquina que é mulçumano e curandeiro. A partir do dia que Joaquina tomou sua decisão por Cristo, ninguém mais foi procurar o marido dela como curandeiro. Temos falado de Jesus pra ele e temos convidado ele para participar dos estudos.

Tiramos um tempo só para visitar cada um em sua própria casa e foi muito bom o resultado, pois com isso ficamos conhecendo melhor a vida de cada um. Como dizemos no Brasil, BATEMOS MUITA CANELA. Os nossos pés, às vezes inchavam, mas valeu a pena.

Quanto a nós, ainda estamos tendo problemas com o nosso notebook, inclusive estamos usando o de uma amiga emprestado, para que pudéssemos enviar a nossa carta.

No dia 28.03 participamos de um evento que vai mudar a história de Nampula, onde o presidente do Município (prefeito) de Nampula entregou a chave da cidade nas mãos do Senhor Jesus, para que Ele fosse o dono de Nampula. Nampula é a primeira cidade do país de Moçambique, que já realizou esse ato, que é muito importante no mundo espiritual.

No dia 25.04 estará sendo realizado um culto de missões na Igreja Missionária Unida do Baianão em Porto Seguro-Ba, e fomos convidadas a participar online. Vamos estae juntamente com nossos irmãos Moçambicanos que estão felizes por que vão conhecer uma parte dos irmãos brasileiros. Eles vão até participar cantando um louvor em makua, glória a Deus!!! Orem a Deus conosco, para que já tenhamos resolvido todos os problemas com o nosso notebook.

Mais uma vez agradecemos aos amados por todo apoio que tem nos dado, tanto em oração, como no sustento, continuem firmes segurando essa corda.

Motivos de orações:

- Pelas nossas vidas (saúde, sabedoria e livramento).
- Nossos familiares.
- Pelo povo que temos trabalhado.

Ao Serviço do Rei Jesus

Ruth e Neângela

Álbum de fotos (clique para ampliar):

 Compartilhar no Whatsapp

NEWSLETTER

Outras Cartas Missionárias:

Use a barra de rolagem para ver outras postagens