Dados da Igreja Missionária Unida do Fontana

Igreja Missionária Unida do Fontana
Avenida Ayrton Senna, 539
Fontana / Cambolo
Porto Seguro - Bahia
45810-000
3288-6941
73 98804-2690
imudofontana@gmail.com

José Celson Dantas Barbosa e Claudio Rocha de Oliveira


PROGRAMAÇÃO FIXA

Quarta-feira (19:30 hs):
Culto de Celebração ao Senhor

Quinta-feira (19:30 hs):
Encontro de células nas casas

Domingo (19:00 hs):
Culto de celebração ao Senhor


Pastores da Igreja Missionária Unida do Fontana

José Celson Dantas Barbosa

Testemunho da minha conversão

A minha conversão foi um milagre de Deus!

Eu, José Celson Dantas Barbosa, filho de Lavrador, nascido na cidade de Juazeiro, Bahia; casado a 26 anos com Ivonete Costa da Silva Barbosa, natural da cidade de Itiúba, Bahia. Presenteado por Deus com três filhos maravilhosos, são eles: Andéa da Silva Barbosa, 26 anos, casada com Luis Teixeira Junior, André Luiz da Silva Barbosa 25 anos, solteiro e Ana kelly da Silva Barbosa, 23 anos, casada com Raildo Nascimento dos Santos.

Chegamos à cidade de Porto Seguro em maio de 1989. Eu era topógrafo na época e a cidade estava em fase de crescimento e desenvolvimento do turismo. O ramo imobiliário atraia muitos compradores de imóveis e isso beneficiava a minha profissão. O propósito da nossa vinda foi ganhar dinheiro em Porto Seguro o que não aconteceu em três anos. Depois, se quer, eu tinha condições de voltar para minha terra natal com a minha família. Estávamos passando por um momento muito difícil em nossas vidas. Pois, nunca havíamos passado por uma experiência como aquela: sem dinheiro, desempregado, sem qualificação para trabalhar com turismo, pois a economia da cidade gira, até hoje, em torno do turismo. Com isso, eu vi todas as portas se fechando para mim. Como se não bastasse, veio a falta de auto-estima e eu buscava na bebida esconder o meu fracasso para não ver o sofrimento da família e dos filhos principalmente, porque eram pequenos e eu os amava muito. Eu nunca tinha ido a uma igreja evangélica, não conhecia nada sobre o assunto. Para dizer a verdade: eu não gostava de crente. Esta era a minha realidade, por isso, reafirmo: a minha conversão foi um milagre de Deus. Aconteceu mais ou menos entre agosto e setembro de 1992. Eu não me recordo com precisão o dia exato do mês. Sei que a data não vem ao caso, o mais importante é o que Jesus fez na minha vida e na vida da minha família.

Depois de resistir a muitos convites para ir à igreja, certo dia, terminei aceitando ao convite de um jovem recém casado, que morava em frente da casa que eu residia. Sempre que ele passava, eu o admirava por ver algo diferente em sua vida. Todos os dias eu o via indo para o trabalho, então passei a sentir inveja do jeito como ele se vestia e se comportava. Para dizer a verdade, eu queria mesmo era ser igualzinho ele. Até que um dia, ele me convidou para ir à igreja, que na época estava em festa. Eu aceitei ao convite, mas terminei indo sozinho. Quando percebi, já estava dentro do templo. A recepção foi muito calorosa! Até hoje eu não me esqueço. Eu senti uma paz muito grande no meu interior, algo diferente do mundo em que eu estava acostumado a viver e que eu nunca havia experimentado na minha vida. Eu não conhecia ninguém mais naquela igreja, a não ser aquele jovem casal. Que depois vieram a ser os nossos discipuladores e anos mais tarde, pastores desse mesmo ministério.

Quando o pastor começou a pregar, eu passei a prestar atenção em tudo o que ele falava. Parecia que alguém havia contado para aquele homem tudo o que estava acontecendo em minha vida. Eu só não sair dali, porque eu tinha certeza que ninguém naquele ambiente conhecia minha história. Foi ali que eu comecei a crer em Deus e na sua palavra e pensei comigo: “Deus realmente existe! Ele está neste lugar e está falando comigo.” Mesmo assim, resistir em aceitar Jesus como Senhor e salvador da minha vida na hora do apelo. Fui para casa e durante três dias, aquelas palavras bonitas não saíram do meu coração e da minha mente. Isso aconteceu numa quarta-feira, no domingo seguinte, decidir por conta própria, ir ao culto novamente. Ao chegar, quem estava ministrando a Palavra era um pastor de outra cidade que eu também não conhecia. A passagem das Escrituras era outra, diferente da que eu tinha ouvido anteriormente. Porém, o efeito daquela Palavra em minha vida foi o mesmo daquele culto passado. Eu sabia que precisava tomar uma decisão, mas não sabia o que fazer ou como fazer aquilo. Veio o apelo, no entanto, o meu braço pesava, não conseguia erguê-lo. As minhas pernas não tinham forças para caminhar até aquele altar. De repente, falei a minha esposa: “Não tem jeito. Deus está falando conosco”, ela olhou para mim e confirmou. Foi quando peguei em sua mão e juntos recebemos a Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas. Hoje, pela graça do Pai, eu e a minha casa servimos ao Senhor e pela misericórdia de Deus tenho o privilégio de pastorear o rebanho dessa mesma igreja.


NEWSLETTER

Últimas notícias dessa igreja


PUBLICIDADE

Onde estamos:
Avenida Ayrton Senna, 539, Fontana / Cambolo, Porto Seguro - Bahia, 45810-000, Brasil

Clique aqui e saiba como chegar na Igreja Missionária Unida do Fontana